fevereiro 06, 2013

karma ou qualquer coisa que lhe queiram chamar



A conversa que eu e Eça temos que ter, ainda está guardada naquela gaveta de madeira escura com chave. Estás para aí enterrada num sítio qualquer e já não se fala de incesto e esses romances de época. Agora já não se fala de Portugal. Está tudo farto de descrições longas sobre paredes e estantes de livros. E entretanto o destino age sobre nós. Esta semana é a minha vez.
Eça e eu temos mesmo de conversar.

5 comentários:

  1. Eça, o senhor que não chegou a conversar comigo

    ResponderEliminar
  2. Pessoa? lol, por acaso a frase é mesmo da minha autoria!

    ResponderEliminar
  3. Ahhhh eheheh, desculpa -.- percebi mal -.- que tone, enfim! obrigada :D

    ResponderEliminar